Prefeitura se reúne com comerciantes da Avenida Amazonas para alinhar ações contra aglomeração

Em 24 horas, Arujá registra 50 novos casos de Covid-19
19 de janeiro de 2021
Imunização: Arujá irá vacinar 360 profissionais da Saúde de grupos de risco com a primeira remessa
19 de janeiro de 2021
Show all

Prefeitura se reúne com comerciantes da Avenida Amazonas para alinhar ações contra aglomeração

Comerciantes da Avenida Amazonas e representantes da Prefeitura de Arujá se reuniram hoje (19), às 14 horas, na sede da Guarda Civil Municipal (GCM), para tratar de ações preventivas com o intuito de evitar aglomerações e, consequentemente, a disseminação do coronavírus.
Segundo o secretário municipal de Segurança, Washington Luís Beolchi Adami, a reunião foi solicitada pelo prefeito Luis Camargo, o Dr Camargo, e contou com a participação do secretário de Desenvolvimento Econômico, José Carlos Santos, seu adjunto Marco Antônio Martins de Medeiros, o ouvidor municipal Jonathan Rodrigues e a diretora de Planejamento Eduarda Marsili. “A proposta foi conhecermos os comerciantes daquela praça e conversar com os donos dos trailers, para tratar da questão da aglomeração das pessoas nesse período de pandemia. Foram ajustadas algumas condutas e os comerciantes se propuseram a manter duas mesas, em cada trailer, até às 22 horas. Após, vão retirar as mesas e os produtos serão somente retirados pelos consumidores”, detalhou o secretário de Segurança.

De acordo com Adami, foi combinado ainda que será desenvolvida pela Prefeitura uma ampla campanha para alertar a população, que vai até o local, da necessidade do distanciamento social, do uso da máscara e higienização das mãos e para evitar que façam as refeições no ambiente. “Alinhamos um modo de permitir o mínimo de pessoas aglomeradas, ao mesmo tempo, naquele local e essas ideias surgiram dos comerciantes. A proposta foi apresentada ao prefeito e houve essa concordância. Daqui a 30 dias, faremos nova reunião para tratar ainda da questão da pandemia, mas também da reurbanização do local, para tornar o lugar mais atrativo para a população”, antecipou o secretário de Segurança.

Outra reunião deverá ser marcada com a Associação Comercial e demais setores do comércio arujaense. “Fizemos essa com os comerciantes da Avenida Amazonas, porque era dirigida aos comerciantes daquela praça e por conta das especificidades do local. Em relação aos comércios de forma geral, haverá outra reunião posteriormente”, informou Adami.

Os comentários estão fechados.

Leitor de Páginas Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support